Menus de configuração no Painel de Administração

acelere sua carreira

Carreira

Transição de emprego: 3 coisas que você não deve fazer

Por: Jacqueline Larrosa 16 de novembro de 2017


Fazer a transição de emprego é sempre um momento delicado, mas importante para a carreira de qualquer profissional. Ao mesmo tempo que é preciso lidar com a ansiedade de começar em uma empresa diferente e ter novos desafios, também é essencial deixar seu antigo cargo sem nenhuma pendência, além de garantir que seus chefes e colegas de equipe sejam afetados o mínimo possível.

 

Se você está passando por essa fase ou se preparando para isso, veja 3 práticas não recomendadas durante um transição de emprego.

 

1. Não respeitar o aviso prévio

 

Ao receber uma nova oferta de emprego, muitos profissionais aceitam a proposta sem nem se planejar. Às vezes, concordam em começar no dia seguinte e mal dão tempo para que a sua antiga empresa assimile a informação e se prepare para a saída.

 

Ainda que o colaborador não seja obrigado por lei a cumprir o aviso prévio — ele pode indenizar o empregador pelo total de dias não cumpridos ou entregar uma carta de sua nova empresa para garantir a liberação —, a recomendação é sempre negociar um prazo aceitável para que a sua equipe consiga se organizar diante do desfalque.

 

2. Sair brigado com os colaboradores 

 

Muitas pessoas, pelo menos uma vez na vida, já pensaram em “chutar o balde” e deixar seu cargo sem se preocupar com os demais colegas. É comum até que alguns profissionais saiam da empresa brigados com outras pessoas ou até mesmo que uma desavença desse tipo seja a causa da mudança.

 

Por mais que os atritos sejam normais no dia a dia de qualquer organização, resolver os problemas com seus colegas e garantir que você faça a transição deixando uma boa impressão é a atitude mais saudável e madura que se pode ter.

 

Lembre-se sempre de que o mercado de trabalho dá voltas e você pode encontrar novamente essas pessoas ou até mesmo precisar delas futuramente, mesmo em uma nova empresa.

 

3. Não se planejar financeiramente para a transição de emprego

 

A transição de emprego de uma empresa para outra nem sempre acontece por motivos financeiros. Às vezes, um profissional pode optar por uma nova oportunidade focando mais no aprendizado do que no salário.

 

Quando isso acontecer, é fundamental ter um planejamento para suportar a nova realidade e garantir que o novo cenário financeiro não seja um motivo de frustração ou arrependimento.

 

Essas dicas foram úteis para você? Então deixe um comentário e leia também nosso artigo sobre “Tudo o que você precisa saber para mudar de carreira!”!


Plano de Carreira - Instituto Acelere
Assista aos Trailers dos nossos cursos online.

Posts Relacionados



Artigos Relacionados



(0) Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Template Design © VibeThemes. All rights reserved.

Menus de configuração no Painel de Administração